"Estou feliz em mostrar essa beleza natural para os 34 municípios aqui presentes. Grande parte do que aconteceu em Nova Lima foi graças a mineração, sou muito grato por isso. A Vale é a grande responsável pela preservação. A área que ocupam é muito pequena e dão muito em troca". Vítor

O secretário de Educação e de Saúde tem que ter autonomia para trabalhar. Colocou a Granbel à disposição, não só para assuntos da Educação, mas também para todos assuntos pertinentes à administração dos municípios.

"A Granbel vem para fortalecer os secretários através dos fóruns que têm sido desenvolvidos na Entidade. Para que o País avance é preciso trabalhar neste modelo, ou seja, da micro decisão, que pode ser somada para se chegar aos projetos macros". Viviane Gomes de Matos

Acrescentou a coordenadora do Fórum e secretária municipal de Educação, Viviane Gomes de Matos, que o prefeito Vitor Penido é um homem que desbrava o terreno educacional. "Quem comanda e tem responsabilidade pela Educação é o secretário de Educação. É preciso nos proteger e proteger o prefeito", frisou.

Educação Inclusiva de Ribeirão das Neves

A palestrante e gerente de Educação Inclusiva de Ribeirão das Neves, Gláucia Rodrigues Guimarães Loff, iniciou a sua fala dizendo que para trabalhar com inclusão tem que ser "chato. Passa pelo coração. O educador precisa ter vontade para se fazer inclusão. Nosso objetivo é que os alunos sejam incluídos e não somente matriculados".

O público alvo da inclusão são alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades e superlotação.

Explica que estagiários são a forma mais rápida e barata para atender os alunos. Eles não recebem décimo terceiro e não têm encargos. Não têm vínculo empregatício e o contrato pode ser reincidido a qualquer momento. O município precisa ter convênio com as faculdades.
Em Neves, são 23 mil alunos; 76 escolas/anexos; 319 alunos especiais.

AEE – Atendimento Educacional Especializado

É preciso dar acessibilidade, acolher o aluno e família para orientar.
A Educação na Inclusão precisa ter parceria com a Assembleia Social e Saúde para que o trabalho aconteça.

Modelo de Inclusão da Escola Ana Nascimento de Nova Lima

educacao20170822 130339 001

A diretora da Escola Ana Nascimento de Souza, Vanda Mônica Pereira Galdino, explica o movimento de inclusão do município e a criação do Núcleo de Assessoria Técnico e Educacional Especializado (NATE), vinculado à Escola Ana do Nascimento Souza de Educação Especial, para reestruturar o trabalho da Política de Educação Inclusiva no município, como proposto nas metas de ação do prefeito Vitor Penido.

Equipe
A nova equipe composta por assistente social, fonoaudiólogo, terapeuta educacional, psicólogo e professor especializado assumiu a coordenação em maio de 2017 e desde então, o serviço está sendo reformulado. A proposta traz um novo formato de acompanhamento dos alunos com deficiência, incluídos nas escolas regulares, além de devolver o direito de escolha das famílias pela escola regular ou especial; "direito esse que foi negado nos últimos anos", lamenta a diretora.

Os profissionais do NATE oferecem formação, capacitação e encontros com os profissionais envolvidos no processo de escolarização, como professores das salas de recursos e atendentes de apoio, além de promover e participar de discussões de caso com as equipes clínicas da rede (CPP, Faenol e serviços de Assistência Social e Saúde Mental) em interlocução com as escolas.

A equipe ressalta ainda a importância de resgatar os serviços da Escola Ana do Nascimento Souza de Educação Especial, que foram sucateados e até mesmo destituídos da responsabilidade da escola, como atendimentos educacionais especializados aos menores de 4 anos em caráter de intervenção precoce e também aos maiores de 14 anos que não apresentam possibilidades de escolarização em caráter de substituição. De acordo com a Política Pública, a reestruturação e a integração dos serviços destituídos farão com que o atendimento do aluno com deficiência aconteça na sua totalidade e principalmente na sua singularidade, possibilitando uma inclusão de sucesso.

Projeto CAC

A professora responsável pelo projeto CAC, Roselita Flor de Maio, apresentou o projeto CAC - Cosméticos, Artes e Culinária, desenvolvido pelos alunos da inclusão. Os produtos elaborados e depois vendidos, "trabalhamos juntos, somos um grupo", frisou.

Os alunos do projeto fizeram uma bela apresentação musical, com instrumentos, voz e até dança de samba!

Meio Ambiente de Nova Lima

O secretário de Meio ambiente de Nova Lima, Danilo Vieira Júnior, informou que a Prefeitura Municipal de Nova Lima (PMNL), em consonância à Lei Federal nº 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, está retomando a coleta seletiva no município, por meio do programa Nova Lima Sustentável, que também aborda o consumo consciente.

A responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos com o reconhecimento do resíduo sólido como um bem econômico e de valor social estimulou a administração pública a assumir o compromisso de ser referência para os cidadãos de Nova Lima com o lançamento da coleta seletiva nas edificações públicas.

O processo de revitalização da coleta seletiva atende as recomendações propostas aos gestores do município, destacando a redução dos custos para destinação final dos resíduos sólidos, priorizando ações que visam a obtenção de maior eficiência, racionalidade e sustentabilidade, diminuindo o impacto ambiental, gerando emprego e renda, destacando a inclusão sócio produtiva dos catadores de materiais recicláveis e pessoas em situação de vulnerabilidade social, melhorando as condições de saúde dos munícipes, além do aumento da vida útil dos aterros sanitários.

O processo de construção da gestão sustentável do serviço municipal de coleta seletiva está sendo conduzido por um grupo de trabalho, capacitado por meio de um programa de formação e qualificação para implementação das ações do programa, assegurando a autonomia do município para a capacitação continuada. A coleta seletiva nas edificações públicas tem como objetivo motivar o conjunto dos servidores a atuarem na redução da geração dos resíduos sólidos, em sua disposição adequada e na redução de custos da Administração Pública Municipal e, ao mesmo tempo, servir de referência para a implantação da coleta seletiva em todos os bairros e instituições da cidade.